O CAMINHO DA ESCUTA DO CORPO

Em busca de SER PRESENTE

Em tempos de pandemia e isolamento social, estamos sendo convocados pela vida a refletir profundamente sobre os nossos caminhos, escolhas e desejos.

Estamos resistindo bravamente todos os dias, vivendo em um estado de “fuga e luta”. Todos nós estamos sentindo de alguma maneira os efeitos da pandemia.

Sentimos em nossos corpos que voltar ao normal não será possível.

Existe algo novo nascendo nas entrelinhas da vida, mas precisamos ainda amadurecer, compreender melhor o que viremos a ser.

Você já parou para escutar o seu corpo?

Talvez olhar para ele seja um caminho.

O corpo nos dá notícias sobre nós e nos indica caminhos de cura e autocuidado.

Márcio Cunha

Hoje em dia muitas pessoas falam sobre o autocuidado de maneiras distintas e cada indivíduo entende autocuidado de um jeito diferente. Uns vão para as academias outros para meditação, mas precisamos falar sobre escuta e impermanência para pensar um caminho para o cuidado do Ser Integral que somos.

Da mesma forma como o corpo, o planeta Terra, está nos dando indicações de que está em sofrimento, o nosso corpo físico nos dá indicações diárias sobre nós.

Vamos fazer uma experiência de escuta.

O que seu corpo te pede agora enquanto você lê esse texto?

Como você se sente?

Tudo se reflete no corpo e o corpo reflete tudo que estamos vivendo internamente.

RECOMENDADAS

O corpo é impermanente como tudo no universo. Você, por exemplo, como adulto não precisa mais das coisas que precisava na infância. Você agora não tem fome, daqui a pouco terá.

“Tudo muda o tempo todo no mundo…” já dizia Lulu Santos. Portanto, o equilíbrio da vida é dinâmico.

Aguçar a escuta do corpo se faz urgente para que possamos escolher ferramentas de reequilíbrio na recuperação do SER INTEGRAL.

Um corpo não é só corpo.

Escutar a si mesmo é estar presentificado, alinhado com a sua existência.

Tempos de recolhimento e contemplação, com menos esforço e mais sabedoria.

Nos reconectar com o movimento da vida nos exigirá humildade e mudanças profundas neste olhar viciado do nosso fazer, precisamos descobrir como Ser Presente.

Sejamos presente em tudo.

Por Márcio Cunha.

Formado em dança, pós-graduado em educação psicomotora e thetahealer. Coreógrafo e artista plástico com 20 anos de pesquisa e criação tendo apresentado suas obras em diversos teatros e festivais de todo o país. Criador do projeto e metodologia do autocuidado CORPO PRESENTE.

Convite especial para você participar da nossa live Em busca de SER PRESENTE, dia 24 de junho a partir das 19hs com Rosa Bernhoeft e Márcio Cunha através do Youtube da Alba Consultoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, posso ajudar?